Golden Retriever

golden_retriever

Quem não se lembra daquela cena do filme ET em que o menino e seu cão passeiam de bicicleta? Aquele cão peludo, maravilhoso, era um Golden Retriever.

A origem precisa do Golden Retriever é incerta, mas a maior parte dos registros aponta que o Golden Retriever foi desenvolvido a partir da metade do século 19, por um criador escocês, chamado Sir Dudley Majoribanks (Lorde de Tweedmouth), que buscava um cão de porte médio, excelente faro, habilidade para buscar a caça tanto na terra como na água, inteligente, obediente, fácil de treinar e calmo.

Para conseguir este resultado, várias raças foram cruzadas, entre elas o Flat-Coat, o Tweed Water Spaniel (raça já extinta), Labrador, Setter Irlandês e Bloodhound.
O Golden Retriever é um cão robusto, de pelagem média e dourada e possui uma inconfundível meiguice de expressão. Por estas características, conquistou multidões e hoje é a segunda raça em número de filhotes registrados no Japão e terceiro na Inglaterra. Nos EUA fica na quarta posição, com mais de 64 mil exemplares nascidos só no ano passado.
No Brasil, apesar de ainda não ter a popularidade do Labrador, o Golden vem, dia a dia, ganhando mais espaço entre os apaixonados por cães, em especial devido ao seu temperamento fantástico e sua versatilidade, aliados a um porte elegante e uma aparência majestosa.

Personalidade

Talvez a principal característica do Golden seja a inteligência e a vontade de agradar ao dono acima de qualquer coisa. É a quarta raça no ranking de inteligência para obediência, entre 133 analisadas por Stanley Coren em seu livro “A Inteligência dos Cães”.

Muito observador, possui grande facilidade para entender o que se quer dele e associar causa e conseqüência de seus atos. Por isso mesmo, o Golden é usado em diversos países como guia de cegos e auxiliar na terapia de doentes físicos e mentais.
Por seu excelente faro, advindo da seleção dos cães para a função de recuperação da caça, muitos são usados pelas polícias para farejar drogas e por sua constituição física, podem atuar como resgate de sobreviventes em desastres.
Manso e boa índole, pode até assustar pelo tamanho, mas faz amizade com todos, sendo afetuoso com estranhos e mesmo com outros cães convive sem problemas. Extremamente paciente e amoroso, é uma excelente companhia para as crianças com quem brinca sem nenhuma restrição. Por sua índole amorosa, o Golden não se presta para a função de guarda.

Versátil, o Golden adapta-se perfeitamente ao estilo de vida do dono, até mesmo com locais pequenos. Quanto está em casa, procura sempre a proximidade dos familiares, mas da mesma forma pode ficar apenas deitado num canto observando o movimento ao seu redor.

Apesar de não ser um cão hiper-ativo, o Golden está sempre disposto à atividade, especialmente se for com o dono… Sua excelente resistência física faz com que possa acompanhar sua família em qualquer atividade, como passeios, caminhadas ou provas de agility. É um cão que precisa e adora fazer exercícios, além de ser um exímio nadador.
O pelo deve ser escovado com freqüência para que se mantenha saudável e bonito. Na época da muda, que ocorre de 6 em 6 meses, deve ser escovado com mais freqüência, evitando que perca pelos pela casa.

Kimberlin-golden_L

Filhote

Quando filhote, o Golden tem uma energia inesgotável e sua pelagem parece mais a de uma ovelhinha, não sendo lisa como nos adultos.
Brincalhão, desde cedo já demonstra suas habilidades em seus jogos de “caça” e na facilidade do aprendizado de hábitos de higiene.

Para que se desenvolvam bem, não apenas física mas emocionalmente, os filhotes devem ser educados desde cedo. Por sua inteligência e enorme desejo de agradar aos donos, os filhotes respondem muito bem às aulas de adestramento.

Problemas comuns a raça

Especialmente nos países em que sua popularidade é grande, o Golden Retriever enfrenta os problemas típicos da criação irresponsável, principalmente os relacionados a cruzamentos geneticamente não-recomendados.

Um dos mais graves problemas genéticos do Golden é a displasia coxo-femural. Caso vá adquirir um filhote, certifique-se de que os pais tenham sido examinados e que tenham sido aprovados pelas radiografias. A displasia só pode ser diagnosticada com certeza quando filhote tem mais de 12 meses através de raios-x.

Além da displasia, o Golden, assim como o Labrador, sofre de algumas doenças genéticas que atacam a visão, causando perda progressiva até chegar à cegueira: a Catarata, que ocorre quando o cristalino – parte interna transparente do olho – torna-se opaco; e a Atrofia ou Displasia da Retina, uma degeneração das células da retina.

Related Posts with Thumbnails

Post to Twitter Tweet This Post

6 Comments to Golden Retriever

  1. Thereza disse:

    Costumo dizer que sempre tive cachorros e amei todos eles, mas tem algo diferente no Golden…ele é especial!Se estabelece uma ligação muito forte, são sensíveis, amorosos, estabanados, inteligentes…ele lê o meu coração, está sempre por perto onde quer que eu esteja…
    eu o amo com tanta imensidão…ter um golden é experimentar o sabor do amor, um sentimento tão grande…algo que jamais eu provei antes…ahhh sou suspeita…mas ele é muito lindo!!!
    Acho que todos os donos de golden irão concordar, bom…cachorros são presentes!

  2. mundogolden disse:

    Muito bom o post a respeito dessa raça espetacular que é o Golden Retriever. Tenho dois cães dessa raça e criei um blog para contar um pouco do dia a dia deles, além de dicas e outras informações a respeito de cães.
    Parabéns pelo seu blog!

    Abraços.

  3. Cecília disse:

    Olá! Sou a Cecília e trabalho na Edelman, agência de comunicação da Jorge Zahar Editor. A origem do Golden, segundo o Guia Ilustrado Zahar de Cães, é essa mesma: Lord Tweedmouth cruzou raças e os quatro filhotes desta cruza são os ancestrais de todos os goldens retrievers.
    Além de todas as características da raça já citadas, o Golden é um fanático por água.
    Gostei muito da ideia do blog, parabéns!
    Abraços

  4. Marcello Berriel disse:

    Obrigado por sua visita no nosso blog Cecília!

  5. Marcello Berriel disse:

    Obrigado por sua visita e pelos elogios Cecília!
    Continue nos acompanhando e nos ajude na divulgação também se puder!

  6. Marina disse:

    Oi sou Marina tenho 9 anos, e adoro cães. Gosto muito de Golden Retriever, e amei o seu site. Gostaria que quando pudesse visitasse o meu blog
    http://www.marina-euamocaes.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam Protection by WP-SpamFree