Tratamento espírita vira esperança para donos de animais doentes

Centro espírita na Zona Norte de SP cuida de animais
Tratamento espiritual, no entanto, não dispensa ida ao veterinário.

Qualquer animal pode ser submetido ao tratamento espiritual. (Foto: Divulgação)

Qualquer animal pode ser submetido ao tratamento espiritual. (Foto: Divulgação)

Donos de animais com fraturas, câncer ou que sofrem de ansiedade têm encontrado no centro espírita Vicente Cerverizo, na Vila Medeiros, na Zona Norte de São Paulo, uma ajuda para atravessar o momento difícil. O lugar é o único do Brasil que se tem notícia que oferece tratamento espiritual a animais de estimação. A afirmação é do veterinário Marcel Benedeti, presidente da Associação Espírita Amigos dos Animais (Asseama).

Segundo ele, quaisquer animais são passíveis de tratamento espírita “uma vez que todos são seres que merecem atenção. Não importa se são cães, gatos, aves, suínos, bovinos ou eqüinos”, afirma Benedeti, que, apesar de ser veterinário, não mistura o trabalho do médico com o do espírita.

“Não é permitido tocar no assunto relacionado à medicina veterinária nem que alguém ali no trabalho é veterinário. Não lemos receitas e nem damos opiniões a respeito de tratamentos médicos que os animais recebem. Portanto, ali dentro, não existem veterinários e pacientes veterinários, mas apenas espíritos necessitados de auxílio”, esclarece.

Benedeti conta que todos no grupo espírita são vegetarianos. Os donos dos animais são chamados de tutores. “Não chamamos de donos, pois acreditamos que os animais não são objetos para terem donos”, justifica.

Animais acompanham a palestra com os seus tutores antes do passe. (Foto: Divulgação)

Animais acompanham a palestra com os seus tutores antes do passe. (Foto: Divulgação)

Em busca de quê

O perfil dos mascotes que são levados ao centro é bem parecido. Eles chegam lá depois de terem passado por diversos tratamentos “físicos” sem sucesso. “As pessoas recorrem ao tratamento espiritual como meio de aliviar o sofrimento dos animais”, diz Benedeti, que costuma receber principalmente animais desenganados ou que foram recomendados para eutanásia. “É o último recurso”, diz ele.

Os donos também têm algo em comum. “São pessoas sensíveis, que se preocupam com o bem-estar de seus animais”, observa Benedeti, que complementa: “Não fazemos distinção entre tutores quanto à religião”, diz. No local, são bem-vindos católicos, evangélicos, judeus, umbandistas e, naturalmente, os espíritas.

O veterinário Francisco Cavalcanti de Almeida, presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária, não vê problemas em o dono submeter o seu bichinho de estimação a um tratamento espiritual. O que não pode, afirma ele, é o animal deixar de ser levado ao veterinário.

‘Para qualquer ser vivo, existe uma enfermidade e o seu tratamento médico específico. O veterinário é o profissional capacitado para detectar qualquer sintoma ou doença e até realizar a prevenção”, afirma Almeida.

Animais desenganados

O aposentado Mário da Conceição, de 75 anos, conheceu o tratamento espiritual depois que encontrou na rua o setter irlandês Caramelo. “Levei ele para o veterinário, que constatou que Caramelo tinha problema no coração, no fígado, não enxergava e não ouvia direito e também não se firmava nas patas traseiras. Ele viveria por pouco tempo”, relembra.

O cachorro, que já devia ter cerca de 12 anos quando foi achado, foi tratado com um veterinário homeopata e, com o tempo, apresentou melhora. Paralelamente ao tratamento, Mário levava Caramelo ao centro espírita.

“A fila do passe depende do estado de saúde do animal. No começo, ele passava na frente. Depois, ele passou a entrar na fila como todos os outros. Antes, eu carregava ele no colo do carro até a sala. No fim, ele já descia do carro sozinho”, relembra.

Caramelo morreu em outubro do ano passado, mas Mário não deixou de frequentar o centro. O aposentado é responsável por outros três cães: Judite, que mora com ele, e Pretinho e Branquinho, que moram em uma pet shop mas saem para passear todos os dias com o tutor.

Quem também costuma frequentar o centro é o aposentado Antônio de Andrade, de 81 anos, dono de Diana e Juruna, um casal de fila brasileiro. A fêmea vem sendo submetida a um tratamento veterinário contra câncer há seis meses, período em que também passou a ir ao centro na Zona Norte.

Na semana passada, no entanto, Diana perdeu o movimento das pernas. “Tentei erguê-la, mas não adiantou”. Agora, o tratamento espiritual da cadela será à distância. Sim, o grupo espírita também atende, a pedido do tutor, animais doentes que não podem ir até o centro.

Palestra que antecede o passe dura cerca de 30 minutos. (Foto: Divulgação)

Palestra que antecede o passe dura cerca de 30 minutos. (Foto: Divulgação)

Por onde começar

Tutores que se interessaram pelo tratamento devem começar fazendo um cadastro na Asseama. É preciso informar nome, endereço, raça, sexo e idade do bicho de estimação, para, depois, dar detalhes sobre o problema que aflige o animal. Neste momento, a pessoa se compromete a não comer carne nem oferecê-la ao mascote no dia marcado para o tratamento.

Chegando ao centro, o tutor passa por nova entrevista e, em seguida, é encaminhado à sala de palestras. “Esta é a parte mais importante do tratamento. É neste intervalo de reserva e reflexão, quando as pessoas ouvem do palestrante orientações evangélicas, que a equipe espiritual procede ao tratamento dos animais e do tutor”, descreve Benedeti.

Após a palestra, que dura cerca de 30 minutos, o animal e o seu acompanhante entram em uma sala onde são submetidos a um tratamento por imposição de mãos durante um minuto. “Geralmente, pede-se para retornarem depois de algum tempo, que pode ser entre sete a 30 dias”.

Serviço :
Associação Espírita Amigos dos Animais (Asseama), tel. (11) 2071-2590.

Related Posts with Thumbnails

Post to Twitter Tweet This Post

17 Comments to Tratamento espírita vira esperança para donos de animais doentes

  1. Stephan disse:

    Sou Espírita a 21 anos e já ouvi e presenciei ações tão desconexas com a Doutrina quanto esta. Certa feita, em uma Casa Espírita em que colaboro, uma senhora foi solicitar uma psicografia de seu cachorro falecido.

    Os dirigentes deste Centro, além de irem de encontro com o Corpo Doutrinário, desconhecem os mais básicos ensinos da Espiritualidade, contidos em O Livro dos Médiuns. Não se deve tratar animais por fluido terapia ou magnetismo pois a nossa doação fluídica é incompatível com o organismo animal, que não de nossa espécie. Muitos destes bichinhos podem acabar desencarnando ou piorando de suas enfermidades. Se isto ainda não aconteceu, é por misericórdia do Alto, que está dando um tempo para que os voluntários dessa Casa caiam na real.

    Se você tem algum animal enfermo, ore, dê toda atenção e carinho, busque um veterinário de sua confiança, mas não utilize-se da fluidoterapia. O que você pensaria se visse um veterinário infundindo uma bolsa de sangue humano em um pastor alemão? A idéia é similar.

    Antes de aceitar um tratamento, mesmo um Espiritual, procure em fontes confiáveis (geralmente nas referências da Doutrina em que você foi buscar socorro) a orientação adequada.

  2. Marcello Berriel disse:

    Muito obrigado pelo comentário! Eu partilho da mesma opinião que a sua, todavia coloquei o tema justamente para mostrar o que acontece pelo nosso mundo em relação aos nossos amigos. Em todos os aspectos!

  3. [...] Leia também: São Francisco de Assis. O santo dos animais Tratamento espírita vira esperança para donos de animais doentes [...]

  4. Andreia disse:

    olá, está acontecendo uma coisa desse tipo na casa espírita que frequento. Só que a presidente, leva o cachorro, para sala de fluido, passe, palestras, tudo ele passa o dia a tarde e a noite dentroda casa espírita. Já questionamos e ela apresenta obras, de altores desconhecidos e que tem as mesmas teorias da reportagem que li nesse blog. Ela disse que só vai deixar de levar o cachorro, quando apresentarmos alguma coisa que diga ao contrário. Por favor me enviem o nome do livro onde encontro que não pode. Li que no livro dos médiuns tem qual o capítulo por favor. Um abraço

  5. Marcello Berriel disse:

    Ola Andréia!
    Obrigado por nos acompanhar no Blog! O meu tio foi presidente de um centro espírita por coincidência, vou pedir a ajuda dele para esclarecer essa questão. Abs,
    Marcello Berriel

  6. [...] Tratamento espírita vira esperança para donos de animais doentes [...]

  7. Daniela disse:

    Olá!
    Li a matéria e gostaria de saber se há alguma possibilidade de fazer este tratamento espiritual totalmente a distância. Tenho um cãozinho que está com um tumor raro (em cães) na mandíbula, o prognóstico não é nada favorável e estou buscando tratamentos alternativos que possam ajudá-lo. Se for necessário posso descrever o problema, enviar os exames dele digitalizados e fotos também.
    Agradeço a ajuda que possam me dar com ralação a ele. Amo muito esse cãozinho como se fosse umaparte de mim, ele é muito apegado a mim e não quero que ele passe por sofrimentos, o tumor ainda não atingiu um estágio doloroso. Estamos aguardando a consulta com a oncologista veterinária para sabermos sobre possibilidade de tratamento e cirurgia, mas a veterinária dele nos adiantou que a cirurgia é quase impossível e que o tratamento é apenas cirúrgico e caso a oncologista não trabalhe com uma linha de pesquisa que possa ajudá-lo dificilmente haverá algo a fazer. É desesperador… por favor me ajudem.

  8. Marcello Berriel disse:

    Olá Daniela!

    Infelizmente, não tenho conhecimento de nenhum tratamento espírita a distância, nem para gente. Melhor você se informar melhor sobre o assunto em livros ou num centro espírita próximo da sua casa. Esse tipo de tratamento para animais é muito controverso para a maioria dos centros espíritas. De qualquer maneira ter muita fé e rezar com o coração pode confortar vc e seu cão e diminuir o sofrimento de ambos. Obrigado por nos acompanhar no Blog! Boa sorte.

    Marcello Berriel

  9. Karen disse:

    Olha, sinceramente. Fiquei pasma com a intransigência de gente que se diz espiritualizada. Qual o problema do cachorro receber o tratamento que dão às pessoas? Por este tipo de espírita – totalmente intransigente, cheio de fundamentações infundadas, afinal, quem é que provou ser alguma das teorias deles verdadeira – é que nunca mais entrei em centro espírita. Sinceramente não tenho paciência nehuma para ficar ouvindo abobrinhas de gente incomodada com o tratamento dos animais. Conheci Dr. Marcel, que faleceu recentemente. Era pessoa do bem, que amava animais acima de tudo. Ficar questionando o cara é muita falta do que fazer…hipocrisia de quem se acha acima dos outros.
    Desculpe o desabafo, mas realmente já cansei de ouvir bobagens de gente que se apoia na religião só para ficar implicando com é diferente.

  10. Mayah disse:

    Ola amigos, que a paz do senhor esteja com vocês. Acabo de perder um grande amigo e companheiro… ainda não estou em condições de falar sobre isso, mas gostaria de dar meu hmilde parecer, não conheço ainda bem a doutrina espirita, faz pouco tempo que comecei a ler os livros e documentos que me foram dados por amigos espiritas. Mas, faço questão de dizer o que sinto no meu coração e no meu ser: sempre tive esta certeza de que todos nos somos irmãos e irmãs neste mundo (encarnados e desencarnados) e que todos devemos nos amar e RESPEITAR imperfeitos como somos. Sempre, desde pequena aparentemente, amei os animais, sempre estive em contato, pois nasci perto da floresta, somente minha mãe nunca me permitiu ter animal de estimação, unica exceção foi um cachorro que ja morava numa casa para onde nos mudamos. Como ele ja estava ali e poderia ter a função de cão de guarda, ela não o enxotava, acho até que a vi dando comida cuidando da orelha dele, machucada durante uma luta. Não durou muito tempo, nos logo nos mudamos, meu primeiro animal chegou no meu lar nos meus 29 anos. Não tenho muita experiência, mas sempre senti que devemos também AMAR e RESPEITAR nossos amigos animais.

  11. Aline disse:

    Por favor me ajude tenho um cachorrinha
    chamada Dhuly está com cancer no pulmão
    gostaria de fazer um tratamento espiritual
    obrigada

  12. SIMONE disse:

    EXISTEM ESPÍRITAS MUITO ARROGANTES ACHAM QUE AS BENÇÃOS DIVINA SÃO APENAS PARA OS HUMANOS E DEUS AMA TODOS OS SEUS FILHOS IGUALMENTE,O HOMEM É QUE SE JULGA MAIS IMPORTANTE DO QUE AS OUTRAS CRIATURAS DE DEUS, PORTANTO, OS ANIMAIS SENDO NOSSOS IRMÃOS MENORES E FILHOS DO MESMO PAI QUE NOS CRIOU, NÃO SÓ RECEBEM A AJUDA DIVINA, COMO TAMBÉM POSSUEM ANJO DE GUARDA E UMA EQUIPE ESPIRITUAL QUE OS SOCORREM, CUIDAM DE SUA REENCARNAÇÃO, OS PROTEJEM E ZELAM PELO SEU BEM-ESTAR. LEMBRANDO QUE PARA DEUS TODOS SEUS FILHOS, NÃO IMPORTA SUA ESPÉCIE, AS SUAS VIDAS SÃO PRECIOSAS. PARABÉNS, POR ESTE TRABALHO TÃO DIGNIFICANTE EM BENEFÍCIO DOS ANIMAIS!

  13. meimei disse:

    Simone,concordo plenamente com vc,tb acho que os animais merecem atenção e respeito porque não uma ajuda espiritual tb?Escrevi para o Forum espirita em resposta a uma pessoa que dizia que animais não podem receber atendimento espiritual,pois podem sofrer choques e desencarnar.Os animais dependem totalmente de nós e se doentes graves porque não uma ajuda dos espiritos?

  14. josicleide disse:

    ola li amateria e e gostei e fique muito enteresada por favor mim ajudem meu cachorro esta bem ruim ele mal levanta e os testicolos dele estam enchado desculpe o desabafo mas todos nos gostamos muito dele por favor mim ajudem obrigada pela compriença .

  15. Espirita disse:

    Parabéns pelo blog. Eu adoro este assunto!!!

  16. viviane lucia ribeiro disse:

    gostaria de saber o endereço pois minha gatinha belinha está co insuficiencia renal e além do tratamento veterinário que ela está passando mesmo um dos veterinário dizendo que ela tem 10% de chance não gostaria que ela tivesse que passar pela eutanasia mas sim desencarne natural. o que me deixa triste é ve-la sofrer.por favor me ajudem,obrigada.

  17. sil
    Twitter:
    disse:

    Gostei muito do seu blog.Meu cachorrinho morreu de cancer no dia 1 de junho,estou sofrendo muito com a falta da presença dele ele é tudo para mim.Quero saber o cachorro quando tem cancer é espiritual ou não?E depois que ele morre ele lembra e sente saldades doa dona?Ele começou a passar mal no dia 30 fui correndo para clinica fizeram de tudo mais não adiantou o cancer era no figado .Agora pergunto ele poderia ser operado para tirar o tumor?O figado já estava todo tomado.Fazia acompanhamento em 3em 3 messes para ver como estava o tumor,mais tudo isso aconteceu de 1 ano para ca e foi derrepente é por isso que pergunto se é espiritual ou não.Obrigada pela sua atençao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Spam Protection by WP-SpamFree